Lucas Veríssimo comemora o bom momento no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Lucas Veríssimo comemora o bom momento no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Veríssimo vê premiação e vice-campeonato como motivação final na última rodada

Depois de ver o Corinthians sagrar-se campeão Brasileiro na metade do mês, o Santos FC passou a ter como meta a vaga direta na fase de grupos da Libertadores, fato concretizado após a vitória sobre o Flamengo por 2 a 1, na Ilha do Urubu, no último domingo (27).

Garantido de maneira direta no torneio continental, o Peixe agora vê o vice-campeonato nacional como uma espécie de “algo a mais” na temporada não só dentro das quatro linhas, mas como também no aspecto financeiro, já que o segundo colocado recebe uma boa quantia em dinheiro da CBF.

O vice-colocado ganhará R$ 11,3 milhões, enquanto o terceiro R$ 7,7 milhões. O campeão Corinthians levou R$ 18 mi para os seus cofres. Como o Alvinegro, quarto colocado, não pode mais ser ultrapassado, R$ 5,6 milhões já estão garantidos na conta.

Com 62 pontos, mesma pontuação do terceiro colocado Grêmio, e a um do vice-líder Palmeiras, o Santos conquistará o vice-campeonato se bater o Avaí no próximo domingo (03), às 17h, na Vila Belmiro, pela trigésima oitava rodada, e Grêmio e Palmeiras não vencerem seus últimos compromissos no torneio.

“Vai ser um jogo duro. Sabemos que o Avaí está brigando para não ser rebaixado, ainda temos nossos objetivos que é terminar na segunda posição para alavancar o nosso ano e dar uma renda maior para o Clube. A nossa equipe vai dar a vida lá dentro pra sair com a vitória e terminar o ano bem”, disse o zagueiro Lucas Veríssimo.

Titular absoluto ao lado de David Braz em 2017, Veríssimo projeta um grande ciclo na próxima temporada, com títulos e boas apresentações. Desta forma, ele pretende ganhar chances na Seleção Brasileira do técnico Tite e despertar o interesse de grandes clubes europeus.

“Quero ganhar títulos, ter um ciclo maravilhoso na equipe, todo jogador sonha em conquistar títulos com a camisa do Santos e chegar na Seleção. As coisas acontecendo aqui irão despertar o interesse do professor Tite e em clubes europeus, por isso tenho que continuar trabalhando bem no Santos”, completou o defensor.

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário