Vasco e Santos fizeram um jogo fraco tecnicamente (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
Vasco e Santos fizeram um jogo fraco tecnicamente (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Com portões fechados, Vasco e Santos jogam mal e não saem do zero

Sem torcida – por conta da interdição de São Januário imposta pela CBF – e com pouco futebol, Vasco e Santos FC empataram em 0 a 0, neste domingo (16), no estádio Nilton Santos, pela décima quarta rodada do Brasileirão. Durante o duelo, as duas equipes mostraram pouco repertório e protagonizaram um jogo de dar sono.

O empate sem gols, inclusive, não foi interessante para a pretensão dos times na competição. O Peixe chegou aos 24 pontos, permanece na terceira colocação e segue com a mesma diferença para o líder Corinthians, que tropeçou em casa ao empatar em 2 a 2 com o Atlético-PR e tem 36. O Vasco, por sua vez, chegou aos 20 e está em oitavo lugar.

Na próxima rodada, o Santos encara a Chapecoense, na quarta-feira (19), às 19h30, na Vila Belmiro, em Santos, pela décima quinta rodada do torneio. No mesmo dia, mas às 21h45, o Cruzmaltino enfrenta o São Paulo, no Morumbi, na capital paulista.

A partida

Com portões fechados, Vasco e Santos, que pareciam sentir a falta do calor da torcida, fizeram um duelo de dar sono. Muito por isso, a primeira oportunidade da partida só veio aos 15 minutos. O meia Nenê cruzou na área para Rafael Marques, que mandou por cima do gol do terceiro goleiro do Alvinegro João Paulo, que precisou substituir o lesionado Vanderlei. Vladimir, segundo goleiro, também está contundido.

A primeira oportunidade dos visitantes aconteceu aos 28. Após ótimo lançamento de Lucas Lima, o atacante Kayke invadiu a área, chutou, mas o zagueiro Paulão conseguiu afastar com certa facilidade. A última chance da fraca etapa inicial foi aos 36. Yago Pikachu bateu bela falta, mas a bola foi rente à trave e defendida pelo arqueiro santista.

Os últimos 45 minutos, que poderiam ser reanimadores para ambos os times, não trouxe grandes surpresas. Aos cinco minutos, Nenê cruzou na área, Thalles cabeceou firme, mas a bola foi ao lado da meta de João Paulo. A última chance do jogo também foi do Vasco.

Aos 41, o time da casa, que neste momento jogava com um a mais após a expulsão do lateral-direito Daniel Guedes, assustou pela última vez. Nenê recebeu na entrada da área, girou e chutou cruzado. João Paulo, porém, se esticou e fez uma bela e última defesa do embate sem gols.

Ficha Técnica:
Vasco 0x0 Santos

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de julho de 2017, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Helcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Cartões amarelos: Vasco: Rafael Marques, Wellington, Thalles. Santos: Leandro Donizete, Bruno Henrique, Daniel Guedes.
Cartão vermelho: Santos: Daniel Guedes

Vasco: Martín Silva; Madson, Paulão, Rafael Marques e Ramon; Jean, Wellington (Bruno Paulista), Yago Pikachu (Guilherme Costa), Wagner e Nenê (Paulo Vitor); Thalles. Técnico: Milton Mendes

Santos: João Paulo; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete (Alison), Yuri e Lucas Lima; Copete (Matheus Ribeiro), Bruno Henrique e Kayke (Vecchio). Técnico: Levir Culpi

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário