Vanderlei teve atuações de gala durante o ano de 2017 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Vanderlei teve atuações de gala durante o ano de 2017 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Vanderlei destaca temporada mágica no Santos e projeta títulos em 2018

Vanderlei terminou a temporada 2017 como um – ou se não o maior – dos maiores destaques do Santos FC. Com atuações marcantes, defesas milagrosas e uma liderança importante dentro de campo, o camisa 1 consolidou-se também como um dos melhores goleiros do Brasil.

Para coroar o ano inesquecível, o jogador de 33 anos foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Brasileiro pela CBF – competição onde sofreu “apenas” 32 gols nos 37 jogos que disputou. O Peixe, muito graças a Vanderlei, terminou o torneio nacional sendo a segunda equipe menos vazada.

Durante o Brasileirão, o camisa 1 teve o melhor aproveitamento em defesas, salvando 82% do chutes que foram em direção ao gol. Como consequência disso, também recebeu o troféu Bola de Prata, da Espn, um dos mais importantes e tradicionais prêmios do país

“Quero dar glória a Deus por ter recebido esse prêmio e agradecer toda a nação santista, dirigentes e jogadores que participaram também. E que no ano que vem eu possa estar de novo aqui, com outros atletas e com o Santos comemorando um grande título”, disse Vanderlei.

Assim como Bruno Henrique, o arqueiro caiu nas graças da torcida e é um dos poucos titulares que são unanimidade no Alvinegro. Os dois, inclusive, estão na mira da Seleção Brasileira para uma possível convocação antes mesmo da Copa do Mundo.

Desde 2015 no Santos, quando veio após uma ótima passagem no Coritiba, Vanderlei entrou em campo em 168 oportunidades com a camisa alvinegra. Em 2017, foram 55 jogos entre Estadual, Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil e somente 48 gols sofridos.

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário