Sasha durante apresentação no CT Rei Pelé (Foto: Vítor Henrique / Santista Roxo)
Sasha durante apresentação no CT Rei Pelé (Foto: Vítor Henrique / Santista Roxo)

Apresentado, Sasha diz que pode atuar como homem de referência no ataque

O atacante Eduardo Sasha foi apresentado nesta sexta-feira (12) à tarde no Santos pelo novo executivo de futebol Gustavo Vieira, no CT Rei Pelé. O atleta de 25 anos, contratado por empréstimo até o fim do ano, chega ao Peixe para suprir a carência de um dos setores do time: o ataque.

Com as saídas de Ricardo Oliveira, Kayke e Nilmar, o técnico Jair Ventura ainda busca a melhor opção para o sistema ofensivo. A princípio, Bruno Henrique, Copete e Rodrigão devem ser os titulares na estreia do Campeonato Paulista contra o Linense, em Lins, no dia 17 de janeiro.

No entanto, no que depender do novo reforço, Jair terá uma boa opção daqui pra frente, seja pelas pontas ou como homem de referência. O novo reforço, que usará a camisa número 27, disse que sempre atuou enquanto esteve nas categorias de base como um 9, no Internacional.

“Fiz toda a minha base jogando como extrema (pelos lados). Sempre que precisaram de alguém na frente, pude contribuir com isso. Se precisar, vai ser tranquilo, não vai ser novidade… A perda de jogadores importantes é normal. A pressão vai ser para todos que vestem essa camisa. Não vai ter pressão específica em cima de alguém”, disse o jogador.

Mesmo com outras propostas em mãos, Sasha revelou que não pensou duas vezes em aceitar a proposta feita pelo Santos nas últimas semanas. Ele acredita que as suas características batem com a do Clube, que tem como DNA a ofensividade.

“Nem pensei duas vezes. Isso facilita para as coisas darem certo. Fico feliz que tenha dado certo a negociação. Minhas características batem com o que o Santos mostrou. Isso facilita as coisas. Meu futebol é simples e objetivo. Tomara que dê tudo certo”, complementou.

Sasha disputou a série B pelo Internacional em 2017, com 28 jogos e três gols marcados. Criado na base da equipe de Porto Alegre, o atacante também já passou pelo Goiás entre 2012 e 2013. Ao término do contrato, o Peixe terá a opção de compra do jogador (os valores não foram divulgados).

Confira os demais trechos da entrevista coletiva do atacante:

Motivação

Vim aqui motivado para vencer esse desafio. Tem tudo para dar certo. Vou mostrar meu melhor futebol trabalhando, como sempre fiz. Me preparando bem, podemos fazer um grande ano.

Parte física e clínica 

Me apresentei normalmente no Inter, mas só fiz a parte clínica. Os treinos mais pesados eu comecei aqui no Santos. Tem bastante coisa para recuperar da semana perdida. Com certeza em mais uma semana estarei preparado. Todos sabem que fiz minha carreira no Inter. Tenho carinho muito grande, mas agora é um clube novo. Estou motivado.

Problemas físicas no passado

Tive problemas (físicos), sim, mas consegui superar. Fiquei alguns meses parado. A última cirurgia faz mais de um ano. Vou conseguir fazer uma boa pré-temporada para ter um ano inteiro. Minha lesão está 100%. Vim para São Paulo para resolver e não vai ter problema.

Comentários

comentário