Eduardo Sasha marcou pelo Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Santos vence o Ceará no Castelão e assume liderança temporária do Brasileiro

Depois de três jogos sem vencer – e sem marcar gols -, o Santos reencontrou o caminho das vitórias e bateu o Ceará por 1 a 0 na tarde deste domingo (2), na Arena Castelão, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Eduardo Sasha, em linda jogada coletiva, marcou no início do segundo tempo.

Com o resultado, Santos chegou aos 14 pontos e assumiu temporariamente a liderança do Brasileirão – o Palmeiras ainda joga neste domingo e pode voltar ao topo, uma vez que o STJD tirou os três pontos da vitória do Verdão sobre o Botafogo até o resultado do julgamento. Agora, o Peixe encara o Atlético-MG no domingo (9), às 19h, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do torneio nacional.

Agora, porém, o Santos vira a chavinha e volta suas atenções para a Copa do Brasil. Na próxima quinta-feira (6), às 20h, no Pacaembu, o time de Jorge Sampaoli encara novamente o Atlético-MG, pela volta das oitavas de final da competição. Na ida, em Belo Horizonte, as equipes empataram por 0 a 0.

A partida

O primeiro tempo do Santos no Castelão foi bem ruim, com erros ofensivos e defensivos. Sem metade do time à disposição por conta de convocações e suspensões, Jorge Sampaoli apostou na estreia de Uribe ao lado de Copete e Eduardo Sasha no ataque. Por conta da não confirmação da desconvocação pela Seleção Olímpica, o Santos preferiu cortar Rodrygo da lista de relacionados para evitar uma possível punição.

Logo aos oito minutos, Fernando Sobral, do Ceará, saiu em velocidade, driblou a zaga santista e bateu forte. Everson fez grande defesa. Na sequência, aos 14, Samuel Xavier cruzou, Bergson tentou bater na pequena área, mas Everson defendeu mais uma vez.

Aos 26, Carlos Sánchez deu belo drible, entrou na área e cruzou para Uribe, mas Valdo afastou. No rebote, Sánchez tocou para Uribe novamente, que tentou tocar de letra. Na resposta do Vôzão, Thiago Galhardo driblou Victor Ferraz, cortou Lucas Veríssimo e bateu forte, levando perigo ao gol de Everson.

Aos seis minutos do segundo tempo, o Santos abriu o placar. Jean Mota lançou Felipe Jonatan. Ele rolou para Sánchez que, com categoria, deu um belo cruzamento para Eduardo Sasha ganhar da defesa e empurrar para o gol. Foi o terceiro tento do atacante na competição.

Aos 11, Sánchez lançou Felipe Jonatan e tocou para Sasha. O atacante bateu rasteiro, no cantinho, mas ela já tinha saído pela linha de fundo antes de a arbitragem marcar falta. Na resposta do Ceará, Everson saiu mal do gol, Thiago Galhardo pegou a sobra e tentou de cobertura, mas a bola bateu no travessão.

Depois disso, o duelo caiu de produção e o Santos conseguiu definir a vitória por 1 a 0.

Comentários

comentário