Santos perdeu para a Chapecoense na Arena Condá (Foto: Divulgação/ Chapecoense)
Santos perdeu para a Chapecoense na Arena Condá (Foto: Divulgação/ Chapecoense)

Santos joga mal, perde da Chape e cai para o quarto lugar no Brasileiro

O Santos FC não tem mais chances matemáticas de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (13), na Arena Condá, o Peixe voltou a jogar mal e perdeu para a Chapecoense por 2 a 0, em duelo válido pela trigésima quarta rodada da competição.

Desorganizado e com pouco repertório técnico durante os 90 minutos, o Alvinegro viu a equipe de Chapecó marcar duas vezes: uma com o atacante Wellington Paulista, de pênalti, e outra com o meia Arthur, após bobeada da linha defensiva santista, que foi surpreendida pelo atleta na jogada do gol.

Com a derrota, o Santos estacionou na quarta colocação, com 56 pontos, atrás de Grêmio e Palmeiras, e a 12 do líder Corinthians, que tem 68. Na próxima quinta-feira (16), às 21h, o elenco comandado por Elano visita o Bahia na Fonte Nova, pela trigésima quinta rodada do torneio nacional.

A partida

O jogo começou sonolento na Arena Condá, mas jogando em casa, a Chape logo foi para o ataque. Aos sete minutos, Luiz Antonio lançou uma linda bola para Arthur por trás da zaga, mas Vanderlei foi mais rápido e saiu para tirar a bola, evitando o primeiro gol dos donos da casa.

Quatro minutos mais tarde, porém, a equipe de Chapecó abriu o placar, quando Luiz Antonio fez um lindo lançamento para Arthur na área, Lucas Veríssimo tentou cabecear, mas colocou a mão na bola. Na batida do pênalti, Wellington Paulista cobrou no canto esquerdo de Vanderlei e balançou as redes.

A primeira oportunidade do Peixe aconteceu aos 26 minutos. Arthur Gomes avançou no meio, arriscou de longe e a bola passou perto do gol de Jandrei. Em seguida, Victor Ferraz recebeu o pivô de Ricardo Oliveira, cortou a marcação, mas o volante Moisés tirou na hora da batida.

A etapa complementar continuou no mesmo nível do primeiro tempo. Enquanto o Santos pouco criava, a Chape chegava mais ao ataque. Aos 11, Arthur Caike recebeu pelo lado direito, avançou e chutou cruzado. A bola passou pertinho da trave de Vanderlei.

Mesmo com mais posse de bola, o Alvinegro continuava desorganizado em campo, sem oferecer perigo ao rival. Aos 21, Wellington Paulista avançou pela direita e cruzou para Arthur Caike, que apareceu livre dentro da área e só deu um toquinho para bater Vanderlei e ampliar.

Nos minutos finais, o time da Vila até ameaçou com uma bola na trave de Ricardo Oliveira e outra chance inacreditável perdida pelo zagueiro Lucas Veríssimo. No entanto, nenhuma oportunidade foi suficiente para alterar novamente o placar, decretando assim a derrota santista, a segunda seguida no Brasileirão.

Ficha Técnica:
Chapecoense 2 X 0 Santos

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 13 de novembro de 2017, segunda-feira
Horário: 20 horas (Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Público: 11.301
Renda: R$ 272.030,00
Cartões amarelos: SANTOS: Lucas Veríssimo, Luiz Felipe, Serginho.

Gols:
Chapecoense: Wellington Paulista, aos 13 do 1T; Arthur Caike, aos 21 do 2T;

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas, Fabricio Bruno e Reinaldo; Amaral, Moisés Ribeiro, Luiz Antônio (João Pedro) e Canteros (Nenén); Arthur Caike e Wellington Paulista (Túlio de Melo). Técnico: Gilson Kleina

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Victor Ferraz; Alison, Renato e Matheus Jesus (Serginho); Lucas Lima (Jean Mota), Arthur Gomes e Ricardo Oliveira. Técnico: Elano

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário