Caju posa com a camisa do Apoel (Divulgação)
Caju posa com a camisa do Apoel (Divulgação)

Santos libera e Caju assina contrato por empréstimo com o Apoel, do Chipre

Depois de um longo tempo à procura de um novo Clube, o lateral-esquerdo Caju, enfim, assinou nesta segunda-feira (21) o contrato de empréstimo com o Apoel-CHI. O jogador de 22 anos só deixará o Peixe a partir de julho, na reabertura da janela internacional de transferências.

O contrato colocado na mesa do Peixe foi de empréstimo do atleta por uma temporada, com valor de compra fixado em 1,5 milhão de euros (R$ 5,6 milhões). O time europeu pagará 100% dos ordenados do atleta. A negociação também trará mais rendimentos ao Alvinegro caso o jogador alcance metas com o time do Apoel nas ligas europeias, além de 10% de uma futura venda.

Depois de recusar a primeira proposta de empréstimo do time chipriano por Caju, o Santos aceitou a segunda investida. O presidente José Carlos Peres e o Comitê de Gestão viram vantagem na negociação para liberar o lateral, que está fora dos planos da Comissão Técnica.

Depois de não agarrar as oportunidades no início do ano, Caju perdeu espaço no Santos. Ele não atua desde fevereiro, na vitória sobre o São Caetano por 2 a 0, pelo Campeonato Paulista. Ao todo, foram cinco jogos e 371 minutos em campo na temporada. Hoje, Dodô é o titular na lateral esquerda. Para a posição, Jean Mota e Copete, improvisados, são as demais alternativas.

Vale destacar também que, no ano passado, ele chegou a ser confirmado no Lille-FRA, mas foi reprovado nos exames médicos do Clube. Pelo Alvinegro, participou de 48 partidas, mas nunca teve status de titular desde que subiu ao profissional. Ele tem contrato com o Santos até dezembro de 2019.

Comentários

comentário