Lucas Lima espera que o Santos conserte os erros para o restante da Libertadores (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)
Lucas Lima espera que o Santos acerte os erros para o restante da Libertadores (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Santistas lamentam queda no Paulista e preveem volta por cima na Libertadores

Após a apatia demonstrada no jogo da ida contra a Ponte Preta em Campinas, o Santos FC voltou a jogar bem no duelo da volta, venceu no tempo normal no Pacaembu, mas perdeu nas penalidades máximas e está fora do Paulistão após oito anos seguidos na final do torneio – conquistou cinco títulos, das últimas oito edições.

A desclassificação é quase um castigo para o time que, dentre os quatro grandes, foi o que mais oscilou na competição. Depois da queda, ainda no estádio, os jogadores lamentaram a perda da vaga nos pênaltis, mas esperam conquistar o título mais desejado do ano pelos torcedores: a Libertadores da América.

“É duro, depois do jogo que fizemos, perder nos pênaltis assim machuca um pouco, mas creio que esse grupo ainda tem muito a conquistar no ano todo. É ver onde estamos errando para não errar mais, continuar trabalhando, temos Libertadores e Brasileiro. Como eu falei, não pode achar que está tudo errado, mas tem que melhorar cada vez mais”, disse o camisa 10, Lucas Lima.

Victor Ferraz aproveitou para criticar a postura da Ponte Preta. Segundo ele, os campineiros jogaram de maneira “covarde” durante os 90 minutos e fizeram cera. O lateral-direito disse ainda que o Santos perdeu quando podia e projeta um título grande ainda nesta temporada.

“Peço desculpas à torcida, eles fizeram uma festa linda e mereciam a classificação, mas não deu. Agora é pensar na Libertadores. Vou dizer que perdemos quando podíamos perder. Torcedor ama a Libertadores e quer ganhar coisa maior. Não vou ser hipócrita, queríamos ganhar, mas temos objetivos maiores. Talvez perdemos hoje para ganhar lá na frente,” disse o camisa 4.

Com a queda no Paulistão, o Santos terá nove dias para se preparar para o próximo desafio. No dia 19 deste mês, o time da Vila encara o Santa Fé, em Bogotá, na Colômbia, pela terceira rodada da primeira fase da Libertadores. No momento, o Santos lidera o grupo 2, com quatro pontos conquistados.

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário