José Carlos Peres, atual presidente do Santos (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Presidente do Santos explica fim do sub-23 e o que fará com “dispensáveis”

O Santos decidiu nos últimos dias pelo fim do polêmico sub-23. O presidente José Carlos Peres entende que o custo elevado do time para os cofres do Alvinegro não se justifica para que um ou outro possa despontar e ser promovido, já que a categoria não tem rendido grandes frutos para o elenco profissional.

O técnico Leandro Mehlich e os jogadores com até 20 anos irão para o sub-20. Os demais, na grande maioria, serão dispensados ou emprestados, como garante o presidente santista. Diego Cardoso, artilheiro da equipe, e o zagueiro Sabino, cotado para substituir Robson Bambu no profissional, devem ficar no Santos.

“Sobre o sub-23, temos um estoque de contratos longos e que estamos conseguindo emprestar ou dispensar. Numa análise fria, esse sub-23 custa R$ 700 mil por mês, fora encargos. Quase R$ 1 milhão. Apenas o Pituca era do sub-23, o restante estava na base (dos que deram certo). Vamos priorizar nossos meninos, há muitos jogadores de fora. Chegamos à conclusão de que a melhor maneira para participar dos campeonatos de aspirantes é usar o sub-20, deixar um pouco maior a ponto de tocar o 20 e o 23. Temos que privilegiar a nossa safra”, disse o dirigente após a reunião do Conselho Deliberativo, na Vila Belmiro.

Vale lembrar que o sub-23 segue vivo no Brasileiro de Aspirantes deste ano. O Santos encara o Internacional nesta quarta-feira (17), no estádio Ulrico Mursa, pela última rodada da segunda fase, e precisa vencer e torcer por um empate ou pela vitória do Coritiba diante da Chapecoense para passar de fase.

O Peixe ainda disputará a Copa Paulista e o Campeonato Brasileiro de Aspirantes a partir de 2019, mas com atletas do sub-20. Vale lembrar que o maior objetivo desta categoria será a Copa São Paulo de Futebol Júnior, torneio em que o Peixe caiu nas quartas de final em 2018.

A lista dos jogadores e os seus contratos:

Anderson Chub – 30/12/2019
Brendon – 31/12/2019
Charles – 31/5/2020
Darlyson – 31/12/2018
Dedé – 31/12/2019
Diego Cardoso – 15/12/2019
Emerson Barbosa – 31/12/2019
Fabricio – 31/12/2019
Fernando Medeiros – 31/12/2018
Filipe – 30/4/2020
Gabriel Donizetti – 31/12/2018
Gabriel Casanova – 31/12/2018
Giovane Mario – 31/12/2018
Guilherme Alves – 31/12/2018
Higor Santos – 31/12/2018
Higor Felippe – 18/8/2019
Jean Rocha – 31/12/2018
João Igor – 29/9/2022
João Vitor – 09/8/2019
João Pedro – 31/5/2020
Juliano Almeida – 31/12/2019
Lorran – 31/5/2020
Lucas Anselmo – 31/12/2018
Lucas Otávio – 7/1/2019
Lucas Yanase – 31/12/2020
Marquinhos Tu – 31/1/2019
Marquinho – 31/12/2018
Patrick Florindo – 31/12/2018
Patrick Valverde – 30/4/2020
Pedro Henrique – 31/12/2018
Preto – 31/12/2019
Pepe – 31/10/2018
Renan Pastre – 31/12/2018
Renan – 31/12/2018
Ruan – 31/12/2018
Sabino – 29/9/2022
Sillas – 31/12/2018
Steylor – 31/12/2018
Thiago – 31/12/2018
Wesley – 30/5/2019
William – 31/12/2018
Yan – 31/12/2018

Comentários

comentário