Bryan Ruiz não deve ficar no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Presidente do Santos confirma rescisão de contrato de Bryan Ruiz

O presidente do Santos, José Carlos Peres, confirmou que Bryan Ruiz deixará a Vila Belmiro. Sem espaço com o técnico Jorge Sampaoli, que gosta de atletas que atuem com mais intensidade, o costarriquenho pediu a rescisão contratual com o Peixe de forma amigável.

“Aceitamos, lógico. Vamos naquela linha inteligente do Sampaoli. Quem não quer ficar, já é casamento. Ele vai rescindir amigavelmente. Empresário arruma ou recebemos propostas para liberar”, disse Peres em entrevista coletiva após o empate do Santos em 1 a 1 contra o Corinthians.

“Desde que chegou ao Brasil, Bryan está conversando com a diretoria do Santos para buscar uma saída amigável do elenco. Nas próximas horas teremos mais detalhes. Ele está muito agradecido com a diretoria do Santos”, disse Kristian Arguedas, representante de Bryan Ruiz, ao site “La Nación”, da Costa Rica.

A questão, desta forma, já foi analisada pelo presidente José Carlos Peres. Vale lembrar que o jogador de 33 anos foi a maior aposta do dirigente na metade da última temporada. Por conta do limite de cinco estrangeiros por partida, o Alvinegro não dificultou o pedido do meia.

Em 2018, Bryan Ruiz jogou apenas 14 jogos, sendo apenas três como titular, deu duas assistências e não marcou gols. Com Cuca no comando técnico, o atleta demorou para ganhar minutos em algumas partidas. Ainda assim, pouco produziu e iniciou este ano sem empolgar.

Comentários

comentário