Ricardo Oliveira, atacante do Santos (Foto: Ivan Storti / Santos FC)
Ricardo Oliveira, atacante do Santos (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Oliveira pede que Santos faça sua parte para alcançar Corinthians

Ricardo Oliveira acredita que o duelo contra a Ponte Preta nesta quinta-feira (12), às 17h, no Moisés Lucarelli, pela vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro, será um dos mais difíceis levando em conta os 12 compromissos que ainda restam para o Peixe até o fim da competição.

Em 2017, as duas equipes fizeram duelos bem equilibrados. No Campeonato Estadual, uma vitória por 1 a 0 para cada lado nas quartas de final – a Macaca levou a melhor nos pênaltis. Já no primeiro turno do Brasileirão, não saíram do 0 a 0, no Pacaembu.

Focado em cumprir a meta traçada por Levir Culpi, o camisa 9 vê o Peixe com confiança para surpreender o time pontepretano fora de casa. Após a eliminação na Libertadores, o comandante santista reuniu o elenco e colocou um objetivo na mesa: não perder mais até o fim do ano.

“Os jogos contra a Ponte Preta são sempre muito difíceis. Jogos duros, complicados, principalmente jogando lá no campo deles. Mas a gente também já foi lá e venceu em um jogo muito difícil, em uma partida às 11h, no ano passado. Sabemos que será complicado, mas temos objetivos até o final da temporada. Vamos para Campinas buscando fazer um grande jogo e, se Deus quiser, somar os três pontos.”

“Não dependemos exclusivamente da gente (para ganhar o título), mas temos que fazer a nossa parte. Com certeza daremos o nosso melhor. Faltam 12 jogos e acho que o objetivo é este: vencer o maior número de jogos possíveis para depois vermos como ficaremos ao final da competição”, emendou o capitão.

Autor do gol no clássico diante do Palmeiras na última rodada, no Allianz Parque, o veterano de 37 anos espera voltar a balançar as redes para manter o Santos na caça ao líder. Com 47 pontos, o time da Vila é o segundo colocado do Brasileirão com oito pontos a menos que o líder Corinthians, que soma 55.

“A confiança sempre existe (de marcar gols). O que a gente sempre vai fazer é se doar ao máximo para poder responder à altura com gols e participações. Isso para mim é o mais importante. Espero que o objetivo coletivo seja alcançado, que é a vitória. E eu, com certeza, vou dar o meu melhor com os meus companheiros para poder contribuir para isso”, concluiu Oliveira.

Com o retorno de Lucas Lima, o Peixe deve ir a campo com: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Matheus Jesus (Renato) e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário