Jean Mota ainda sofre com dores no joelho direito (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

No “sacrifício”, Jean Mota comemora semana livre para se recuperar de dores no joelho

Após o empate do Santos por 0 a 0 contra o CSA, no último domingo, em Maceió, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o elenco de Jorge Sampaoli, enfim, terá uma semana livre para descanso – o treinador, inclusive, classificou como fundamental esse período para o Peixe.

E o jogador que mais comemorou a pausa foi Jean Mota, que ainda sente dores de uma lesão no ligamento do joelho direito sofrida na semifinal do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. O camisa 41 espera estar 100% recuperado para enfrentar o Vasco, no domingo (12), às 16h, no Pacaembu.

“Um pouquinho (no sacrifício). Uma lesão que era para ser recuperada em 10 dias, com os jogos vira um mês. Já estou melhor que no jogo passado, entrei no fim do jogo e me senti melhor. Estou me cuidando bastante para que domingo possa estar 100%. Algumas coisas me limitam, mas não tem tempo de parar. Temos de ir no sacrifício. Até domingo, estou 100%”, disse Jean Mota.

O meia é um homem de confiança de Jorge Sampaoli e, por isso, não tem ganhado muito descanso nas últimas partidas. Contra o CSA, ele começou no banco de reservas e entrou aos 14 minutos do segundo tempo no lugar de Christian Cueva. Com ele em campo, o Peixe melhorou tecnicamente.

O elenco santista ganha folga nesta terça-feira (7) e se reapresenta na quarta, no CT Rei Pelé.

Comentários

comentário