Santos está próximo de uma vaga nas semifinais da Libertadores (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)
Santos está próximo de uma vaga nas semifinais da Libertadores (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Levir tem intervalo sem jogos como ‘arma’ para Santos melhorar antes da Libertadores

Desde que chegou ao Santos FC há pouco mais de dois meses, Levir Culpi ainda não teve uma semana livre para treinar seus comandados. Apesar da boa fase do time, que não perde há doze jogos, o técnico sofre com a sequência de duelos “quarta e domingo” e com as seguidas lesões dos atletas devido aos problemas físicos.

Essa grande sequência, enfim, irá acabar. Entre os dias 27 de agosto (data da partida contra o Cruzeiro, no Mineirão), e 10 de setembro (clássico contra o Corinthians, na Vila), Levir terá duas semanas para treinar o Peixe, enquanto ocorre os confrontos das Eliminatórias da Copa do Mundo.

O tempo livre foi comemorado pelo técnico que terá tempo para ajustar a equipe tecnicamente e taticamente. Três dias depois de enfrentar o Corinthians, o time disputará o duelo da ida das quartas de final da Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil, no Equador – o jogo mais importante do ano para o Santos.

“Acho que vamos ter que jogar melhor e teremos que melhorar para passar pelo Barcelona. Penso que é possível, nossa tendência é melhorar. Estou confiante e seguiremos em frente”, disse Levir.

Sem compromisso durante duas semanas, Levir acredita também que terá tempo para recuperar os atletas lesionados ou que ainda recuperam sua melhor forma física, como é o caso de Renato, Vecchio, Nilmar, Gustavo Henrique e Matheus Jesus.

“Vamos focar no Brasileiro agora e teremos um período de 13 dias antes do jogo contra o Barcelona. Conseguiremos treinar e contar com todos (os lesionados ou que ainda recuperam sua melhor forma física), tomara que seja assim”, concluiu o comandante.

Antes da parada, o Santos ainda se prepara para mais três compromissos pelo Campeonato Brasileiro. O primeiro deles é na próxima segunda-feira (14), às 20h, no Pacaembu, quando o Alvinegro recebe o Fluminense, pela vigésima rodada do Nacional.

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário