Bruno Henrique marcou o gol do Santos contra o Flu (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Jair vibra com superação de Bruno Henrique: “Estava louco para que esse momento chegasse”

Depois de um primeiro semestre complicado, tendo que se recuperar de três lesões, Bruno Henrique, enfim, voltou ao time titular e marcou o gol da vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Fluminense nessa quarta-feira (13), no Maracanã, pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva, o técnico Jair Ventura, que nunca escondeu a ansiedade em poder contar com o atacante, enalteceu a partida do comandado e a importância do triunfo por um pouco de tranquilidade.

“Bruno Henrique é um grande jogador, não é uma aposta minha. Estava louco para que esse momento chegasse. O grande marco nosso foi a nossa goleada contra o Vitória. Vínhamos sob pressão, conseguimos goleada e depois um grande jogo, mas não conseguimos a vitória contra o Corinthians. Resgatamos a torcida ali. Aí a gente perde em casa. Hoje, a gente retoma. O torcedor que está nos vendo é paixão. Quando não vence, eles querem te mandar. Quando vence e joga bem, eles vêm para o seu lado. A vida do treinador é essa eterna loucura, eterna pressão. Mas sei conviver bem com isso”, destacou o comandante.

Em janeiro, o jogador de 27 anos teve cinco lesões na retina do olho direito e ficou três meses longe dos gramados. Em abril, logo depois de retornar, sofreu um problema muscular e parou por um mês. Por fim, precisou se recuperar de dores na bacia em choque com a trave na derrota para o Cruzeiro, no Pacaembu, no dia 28 de maio. Contra o Flu, ele foi titular pela segunda vez em 2018.

Reforço mais caro do ano passado, Bruno Henrique chegou ao Peixe contratado do Wolfsburg, da Alemanha, por cerca de R$ 14 milhões. O atacante terminou 2017 como um dos principais jogadores em atividade no Brasil: foi artilheiro do Santos na temporada, com 18 gols, e líder de assistências do Campeonato Brasileiro, com 11 passes para gol, assim como Gustavo Scarpa.

Assim como todos os times da Série A, o Santos de Bruno Henrique ficará mais de um mês sem entrar em campo por conta da Copa do Mundo da Rússia. O primeiro compromisso após o recesso será o clássico contra o Palmeiras, no dia 19 de julho, às 20h, no Pacaembu, pela décima terceira rodada. Com o tempo livre para aprimorar a forma física, é provável que o atacante inicie a segunda partida do ano já como titular.

Comentários

comentário