Jair Ventura, técnico do Santos (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Jair vê expulsão de Veríssimo determinante para revés: “Jogo foi outro”

O técnico Jair Ventura acredita que a expulsão de Lucas Veríssimo nos primeiros minutos do segundo tempo foi determinante para a derrota do Santos sobre o Internacional por 2 a 1 neste domingo (10), na Vila Belmiro, pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

É verdade que o segundo gol do Colorado aconteceu em um lance que antecedeu a expulsão do zagueiro, mas, a partir do momento em que ficou com um a menos, o Peixe perdeu a organização, teve de substituir um atacante por um zagueiro e não conseguiu mais furar as linhas do adversário.

“O jogo foi um quando tivemos igualdade numérica e outro quando tivemos inferioridade numérica. É a segunda vez no ano que jogamos com um a menos, mas dessa vez estávamos em desvantagem no placar. Inter jogou na transição e praticamente fez duas linhas de cinco, a gente não conseguiu entrar e praticamente não teve mais jogo”, analisou o comandante em entrevista coletiva e completou.

“A equipe do Inter sofre poucos gols e se defende muito bem. Sabíamos que teríamos que envolver eles com troca de passes. Quando ficamos com um a menos, ficou mais difícil. Uma pena, a gente poderia vencer ou perder, é do jogo, mas o jogo praticamente acabou com a expulsão.”

Ao contrário do que aconteceu nas outras partidas, a torcida santista compareceu em bom número na Vila, apoiou os 90 minutos e, mesmo após a derrota, não vaiou de forma considerável os jogadores. Para o treinador, o Peixe perdeu a chance de agradecer os santistas com a vitória.

“Ficamos chateados em dobro. Torcida fez a parte dela. Temos de recuperar. Quando perdemos, ficam distantes. Quando jogamos bem, ficam mais próximos. Não faço metas a longo prazo. Não temos o direito de nos abalar por conta desse jogo. Foi um jogo atípico pela expulsão”, concluiu.

Com o resultado negativo, o time comandado por Jair Ventura, com 10 pontos, segue sem vencer times da primeira parte da tabela e caiu para a décima sexta colocação, a um passo da zona de rebaixamento. O próximo e último compromisso antes da parada para a Copa do Mundo será na quarta-feira (13), às 19h, contra o Fluminense, no Maracanã, pela décima segunda rodada.

Comentários

comentário