Jair Ventura não consegue fazer o Santos vencer (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Jair valoriza ‘classificação excelente’ e minimiza derrota para o Luverdense

O técnico Jair Ventura preferiu “esquecer” a derrota por 2 a 1 para o Luverdense nesta quinta-feira (17), no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil, para valorizar a classificação do Santos à fase seguinte da competição nacional. Com a goleada por 5 a 1 na ida, na Vila Belmiro, o Peixe venceu o agregado das duas partidas por 6 a 3.

“Avalio um jogo de 180 minutos, onde o Santos fez um vantagem muito boa em casa. E teve o privilégio de poupar alguns jogadores. No somatório, foi 6 a 3. É uma classificação excelente, estamos classificados com os melhores. Não tem time misto, quem jogou foi o time do Santos, onde todos têm oportunidades. A vida é feita de oportunidades. Vamos avaliar para ver os que aproveitaram ou não”, disse o comandante santista, que completou lamentando a lesão de Arthur Gomes.

“De mais positivo, vejo a classificação, foi importante. De negativo, a lesão do Arthur (Gomes, com uma entorse no tornozelo esquerdo). É quem mais jogou comigo. A perda dele vai ser muito significativa. Não temos jogador com essa característica, o elenco é enxuto. É algo que preocupa bastante. Lógico que queremos vencer. Mas não vou chegar aqui e expor atletas. De maneira interna, vamos ver o jogo de novo. Essa avaliação cabe internamente”, emendou.

Agora, o elenco comandado por Jair Ventura muda a chavinha para o Campeonato Brasileiro. Neste domingo (20), no Morumbi, às 16h, o Santos encara o clássico contra o São Paulo, pela sexta rodada do torneio. O time santista é apenas o décimo terceiro colocado, com seis pontos, mas com um jogo a menos.

Comentários

comentário