Jair Ventura falou em entrevista coletiva (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Jair Ventura falou em entrevista coletiva (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Jair enaltece fim de tabu e atuação do Santos em estreia: “Grupo merece”

O técnico Jair Ventura rasgou elogios ao Santos após a vitória sobre o Ceará por 2 a 0 neste sábado (14), no Pacaembu, na estreia do Campeonato Brasileiro. Na visão do comandante, a semana livre antes do primeiro jogo foi fator determinante para encerrar um tabu que já durava 12 anos no torneio.

“O ideal era conquistar essa vitória para a torcida. Fico feliz de quebrar o tabu de 12 anos. Esse grupo merece, batemos na trave no Paulistão. Colocamos na nossa cabeça que cada jogo é uma final. Respeitamos o Ceará, mas controlamos o jogo. Volto a exaltar o tempo de trabalho que tivemos. Quando o treinador tem tempo de trabalho, as coisas acontecem melhor. Tivemos uma boa performance e um bom resultado. Gosto de aliar essas duas coisas”, destacou o treinador em entrevista coletiva.

O treinador também aproveitou a oportunidade para defender Gabigol das críticas. Sem marcar há oito jogos, o camisa 10 não teve uma atuação de gala, errou muitos lances, mas ajudou o Peixe nos dois gols – o atacante falou no fim do confronto e valorizou a participação nos lances decisivos.

“O nove quer fazer gol (ao responder se Gabigol foi fominha). Ele quer balançar a rede a qualquer custo. É um cara competitivo, joga coletivamente, mas tem as metas também”, emendou Jair.

Agora, o Peixe terá, mais uma vez, a semana livre antes do próximo compromisso. Mais uma boa oportunidade para Jair Ventura continuar ajustando a equipe. No próximo sábado (21), às 16h, na Arena Fonte Nova, o Santos mede forças contra o Bahia, pela segunda rodada do Brasileirão.

Comentários

comentário