Gabigol vive ótima fase no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Gabigol termina Copa do Brasil como artilheiro pela 3ª vez na carreira

Na última quarta-feira (17), em Itaquera, o Cruzeiro venceu o Corinthians na final da Copa do Brasil e conquistou o hexacampeonato da competição, mas não foi só os jogadores da Raposa que tiveram motivos para comemorar com o fim do torneio. Ao lado de Neílton, do Vitória, e Rômulo, do Avaí, Gabigol consolidou-se como artilheiro da competição nacional pela terceira vez na carreira.

Apesar de o Peixe ter encerrado sua participação na Copa nas quartas de final, sendo eliminado para o próprio campeão, no dia 15 de agosto, o camisa 10 conseguiu a importante marca na carreira. Ele marcou três vezes na vitória sobre o Luverdense, na Vila Belmiro, e contra o próprio Cruzeiro no duelo da volta, no Mineirão, quando o Santos venceu por 2 a 1, mas foi eliminado nos pênaltis.

“Meu primeiro objetivo era o título. Nosso grupo entrou no torneio com esse pensamento e lutamos até o último minuto para isso, mas infelizmente não deu. Por outro lado, fico feliz com mais esse prêmio na minha carreira, mostra que o trabalho está sendo muito bem feito. Agradeço a todos do Santos que me apoiaram desde minha volta para cá. É um prêmio que divido com todos do elenco, pois sei o quanto cada um batalhou para que esses gols pudessem sair”, afirmou o jogador de 22 anos.

Com o fato marcante, Gabriel também se isolou na artilharia do Santos na competição, tendo balançado as redes em 19 oportunidades. Anteriormente, o atacante já havia conquistado a marca individual em 2014, com seis gols, e 2015, com oito.

“Tenho 22 anos apenas e conquistei pela terceira vez essa marca, além da artilharia no Santos também. Realmente é algo que fica marcado na minha história. É uma honra fincar meu nome num torneio tão grande como a Copa do Brasil”, concluiu o atleta.

Comentários

comentário