Gabigol, atacante do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Gabigol marca em despedida, beija escudo do Santos e diz: “É a minha casa”

Gabigol fez seu último jogo com a camisa do Santos na Vila Belmiro, onde teve momentos marcantes durante sua carreira como jogador profissional. Com categoria, o camisa 10 marcou um dos gols do Peixe na vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-MG neste sábado (24), na Vila Belmiro.

Após o tento marcado, inclusive, o atacante beijou o escudo que fica ao lado de um dos gols do estádio santista, assim como havia feito antes de se transferir para a Inter de Milão, em agosto de 2016.

Apesar disso, o atacante preferiu não confirmar sua saída do Santos e relatou a emoção que sentiu nesta noite. Com empréstimo até dezembro deste ano, Gabigol sabe que o time italiano não prorrogará o seu vínculo com o Peixe. A diretoria santista também já reconhece isso.

“Não sei se foi minha despedida. Mas foi muito emocionante fazer o gol. Aqui é minha casa. Agora é trabalhar e torcer pelos meus companheiros. Se foi despedida, é agradecer a torcida e dizer que estou orgulhoso. Mas, vamos ver como vai ser”, afirmou Gabigol.

Nesta segunda passagem, o atacante fez 53 jogos e marcou 27 gols, sua melhor marca em uma temporada como profissional. No total, participou de 210 partidas com a camisa santista e balançou as redes em 84 oportunidades. Ele é o artilheiro isolado do Brasileirão, com 18 gols marcados.

Com o resultado na Vila, o Santos, com 50 pontos, garantiu em definitivo a vaga na Sul-Americana para a temporada 2019. Sem chances matemáticas para a Libertadores, o Peixe terá o consolo do torneio continental considerado o segundo mais importante disputado nas Américas.

Agora, o time do técnico Cuca, que também dará seu adeus para tratar de problemas cardíacos, encara o Sport na última rodada, em Recife, no próximo domingo (02), às 17h, na Ilha do Retiro. Gabigol, suspenso pelo terceiro amarelo, não atuará.

Comentários

comentário