Victor Ferraz explica volta por cima no Santos (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Ferraz admite que quase saiu no início do ano e fala sobre críticas no Santos

Antes de renovar contrato com o Santos até o fim de 2020, Victor Ferraz esteve próximo de deixar a Baixada Santista no início da temporada. O lateral-direito recebeu propostas do Brasil, inclusive do arquirrival São Paulo, e de clubes do exterior não revelados, mas preferiu fazer história no Peixe.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (14), no CT Rei Pelé, o jogador de 30 anos admitiu que, por muito pouco, não deixou o Clube. Criticado constantemente, ele explicou como lidou com as propostas e desabafou que, antes da última renovação, recebia um dos menores ordenados do elenco.

“Sempre tive muito interesse em fazer carreira aqui, bater recordes. Perguntaram de jogar fora, recebi muitas sondagens e propostas e nunca passou pela minha cabeça (sair). Dinheiro é um negócio que nunca me seduziu. Naquela época, muito torcedor me chamou de mercenário. Concordava com críticas em campo, mas algo me doía. E eu estava longe de ser mercenário pelas coisas que passei no Clube. Antes da renovação, eu não estava nem entre os 20 maiores salários do elenco. Abro aqui para vocês. E o pessoal me chamando de mercenário. Dinheiro nunca me moveu. Se optasse por trocar de Clube, não era pelo dinheiro, mas pela possibilidade do ciclo acabar. Gosto muito do Santos, da cidade e tenho identificação grande com o torcedor”, disse o atleta, que também explicou como deu a volta por cima no Santos.

“Tive muito a força de Deus. Ele tem sido sempre presente comigo. O povo paraibano tem característica de ser guerreiro, de lutar pela sobrevivência, vai, não só do trabalho. Isso está no meu sangue. Fiquei muito feliz pela renovação. O Santos acreditou em mim num momento difícil, críticas, estava apanhando muito, no momento mais duro. Foi necessário, absorvi as críticas. Tenho 30 anos e sabia que tinha que melhorar. Melhorei em muitos quesitos físicos, técnicos e mentais. Cheguei perto de talvez sair do Clube, acabei ficando e tenho certeza que foi a opção certa”, complementou.

O elenco santista volta aos treinos na tarde desta segunda-feira (14), no CT Rei Pelé, onde inicia os preparativos para o duelo contra o Luverdense na próxima quinta-feira (17), às 19h15, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, pela partida da volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

Comentários

comentário