Everson em entrevista coletiva (Foto: Vítor Henrique / Santista Roxo)

Everson analisa decisão contra o Galo e espera desconvocação de Rodrygo: “Que tenha um consenso”

Titular na vitória do Santos sobre o Ceará, no último domingo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o goleiro Everson tem se preparado para o duelo contra o Atlético-MG, na quinta-feira (6), às 20h, no Pacaembu, em jogo válido pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O duelo marcará o reencontro de duas das melhores equipes no Brasileirão – o Peixe é o terceiro colocado, com 14 pontos, enquanto o Galo, com um ponto a mais, é o segundo na tabela após sete rodadas. Na ida, em Belo Horizonte, os times empataram por 0 a 0.

“Jogo difícil. Fizemos uma grande partida no Independência onde não é fácil de se jogar. Agora, vamos jogar na nossa casa, com o nosso torcendo para buscar a classificação… O Atlético vem fazendo uma grande campanha. Não ganharam o Estadual e não passaram na Libertadores, mas estão bem no Brasileiro. O Cazares é um grande jogador, fez gol no fim de semana”, disse o camisa 22 em entrevista coletiva.

Everson também falou sobre o “caso Rodrygo”. Ele foi convocado pela Seleção Olímpica para disputar o Torneio de Toulon, na França, mas não se apresentou. O atacante seguiu treinando normalmente e viajou à Fortaleza com o Santos, mas não ficou à disposição de Sampaoli na vitória sobre o Ceará. Temendo punição por não ter recebido oficialmente a desconvocação do atacante, o Clube decidiu não escalá-lo.

“Eu fui perceber que o Rodrygo não ia participar do jogo no aquecimento, nos últimos detalhes, até achei que ele tava como opção de jogo. Estranhei a situação, acabei não falando nada com ele, é uma situação incômoda. Ele é importante, com certeza fez falta, mas é um garoto que está querendo jogar. A gente espera que há um consenso entre CBF e Santos para que ele possa ajudar a gente”, emendou.

O Peixe ainda tem mais três jogos antes da despedida de Rodrygo para o Real Madrid, mas ainda não sabe se poderá contar com o atacante. O Alvinegro espera uma liberação oficial da CBF nesta semana. São eles: dois contra o Atlético-MG, um pela Copa do Brasil e outro pelo Brasileirão, além de um clássico contra o Corinthians, última partida antes da parada para a Copa América.

Comentários

comentário