Jorge Sampaoli e Sánchez em treino no Uruguai (Foto: Ivan Storti/Santos)

Embalado, Santos estreia na Sul-Americana contra o River no Uruguai

Depois de vencer o Mirassol por 1 a 0, no último sábado, pelo Campeonato Paulista, o Santos “virou a chavinha” e volta a campo nesta terça-feira (12), às 19h15, contra o River Plate-URU, no estádio Luis Franzini, em Montévideu, em jogo válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana.

Sem a Libertadores para disputar este ano, o Santos tem a “Sula” como uma de suas prioridades nesta temporada. O Peixe já disputou a competição em seis oportunidades, mas nunca fez uma boa campanha. A última delas foi em 2010, quando acabou eliminado na primeira fase para o Avaí.

“Vai ser um jogo muito difícil porque sabemos que a chave são 180 minutos, cada um em seu estádio. Vai ser difícil, precisamos estar concentrados para ter um objetivo claro que é ganhar. Sabemos que podemos definir em casa, mas um bom resultado fora seria importante. Vamos tratar de fazer um grande trabalho. É sempre bom voltar para o Uruguai, ficar com os meus familiares e espero que eles aproveitem comigo”, comentou Carlos Sánchez, que jogará no Uruguai pela primeira vez com a camisa santista.

Para o duelo, o técnico Jorge Sampaoli terá dois desfalques importantes: Luiz Felipe e Christian Cueva. O primeiro trata de um estiramento na coxa direita e ficou no Brasil para se recuperar. O peruano, por sua vez, não foi inscrito na primeira fase e, mesmo assim, teria de cumprir suspensão por conta de uma expulsão na Sul-Americana ainda nos tempos de São Paulo.

Em contrapartida, depois de poupar alguns titulares diante do Mirassol, Sampoli deve promover os retornos de Vanderlei, Victor Ferraz e Orinho no sistema defensivo, Alison e Carlos Sánchez no meio-campo e Derlis González no ataque. Copete deve ser o outro jogador no sistema ofensivo.

Desta forma, um possível Santos tem: Vanderlei; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Orinho; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota; Copete e Derlis González.

Se vencer, o Alvinegro voltará para o Brasil com a chance de jogar com mais tranquilidade na partida da volta. Um empate também não será considerado um resultado ruim. Vale lembrar que, por conta da confusão envolvendo torcedores na eliminação para o Independiente-ARG pela Libertadores de 2018, o Peixe terá de jogar com portões fechados no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA
RIVER PLATE-URU X SANTOS

Local: Estadio Luiz Franzini, em Montevidéu (URU)
Data: 12 de fevereiro de 2019, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Germán Delfino (ARG)
Assistentes: Não divulgado

RIVER PLATE-URU: Nicola Pérez; Herrera, Augustín Ale, Ivan Silva e Luis Oliveira; Maximiliano Calzada, Sebastián Piriz, Mauro Da Luz e Facundo Ospitaleche; Facundo Vigo e Manuel Olivera
Técnico: Jorge Giordano

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique e Copete; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota; Soteldo e Derlis González.
Técnico: Jorge Sampaoli

Comentários

comentário