Cuca e elenco do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Embalado no Brasileiro, Cuca terá primeira semana livre à frente do Santos

Depois da vitória por 2 a 0 sobre o Paraná, em Curitiba, o técnico Cuca terá, pela primeira vez, uma semana livre para implementar seu “estilo” no Santos. O próximo compromisso do Peixe será apenas no próximo domingo (16), às 16h, na Vila Belmiro, pela vigésima quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Desde que chegou ao Santos, no dia 30 de julho, o comandante santista teve de disputar, em 38 dias, 12 partidas decisivas “quarta e domingo” entre Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Ou seja, uma média de um jogo a cada três dias e de dois dias para atividades entre uma partida e outra.

Recentemente, o treinador admitiu que ainda não conseguiu sequer começar o seu trabalho no Santos por conta da sequência desgastante. Apesar de o time não perder há oito jogos e não sofrer gols há sete, Cuca acredita que o elenco ficará ainda melhor com o seu “dedo”.

“Não comecei ainda meu trabalho. Vou começar depois do Paraná. Só estou jogando, 10 jogos em 30 dias. Não coloquei uma jogada ensaiada, nem ofensiva nem defensiva, nem arremesso lateral. Se treinar demais faz falta na parte final do jogo. Com semanas cheias, poderei fazer trabalhos táticos. Temos melhorado, alguns melhoram, outros caem…”, disse o treinador na última semana.

“Eu fecho 38 dias de casa, 12 partidas. Não tem como. Graças a Deus as coisas estão indo bem e sem lesionados. Falam em poupar, mas são 12 jogos em 38 dias. Não é poupar. Palavra não é poupar, é preservar jogador que não está 100%. Rodrygo jogou quinta, saiu com cãibra, dia a menos de descanso, viagem, tudo isso influencia. Se eu ponho desde o começo, talvez não teria ele para ganhar o jogo no segundo tempo. É força de grupo, com quatro ou cinco jogadores renovados e que deram equilíbrio”, emendou Cuca após a vitória na Vila Capanema.

Como caiu na Copa do Brasil e na Libertadores, o Santos de Cuca tem apenas o Brasileirão até o fim da temporada para disputar. O time santista tem 28 pontos, assumiu a oitava colocação e está de vez na briga pelo G-6 do Brasileirão – grupo que garante vaga na Libertadores de 2019. O Santos ainda tem um jogo a menos a ser disputado contra o Vasco, no fim de setembro, no Pacaembu.

Inicialmente, o técnico dará um pouco mais de sossego ao elenco, que realiza um trabalho regenerativo nesta segunda-feira (10), no CT Rei Pelé. Na terça-feira, o time santista ganhará folga e se reapresentará na quarta-feira (12), tendo quatro dias de trabalhos seguidos no campo.

Comentários

comentário