Robson Bambu, zagueiro do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Em alta no Santos, Robson Bambu destaca sequência e boa fase da defesa antes de clássico

Desde a lesão de Lucas Veríssimo, que se recupera de problema muscular na coxa esquerda, Robson Bambu vem suprindo a ausência do titular com personalidade. Mesmo com Luiz Felipe à disposição, o técnico Cuca, mais uma vez, optará pelo zagueiro de 20 anos no clássico contra o São Paulo neste domingo (16), às 16h, na Vila Belmiro, pela vigésima quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

E a sequência no time surge em boa hora para o defensor formado na base do Santos, que vive um processo complicado de renovação. Ele tem vínculo até o dia 10 de novembro e pode assinar um pré-acordo com qualquer outra equipe. Questões salariais e tempo de contrato emperram o novo acerto.

Empolgado com a boa fase, Bambu, que prefere ser chamado por Robson Alves, pode bater uma marca histórica ao lado do sistema defensivo. Empatado com a equipe de 1955, o elenco de Cuca pode chegar ao oitavo jogo seguido sem sofrer gols no clássico e se tornar o menos vazado em 106 anos de Santos.

“Essa crescente é muito importante para o nosso grupo. Há um mês nosso grupo passava por um momento muito difícil perto da zona de rebaixamento. Graças a Deus temos conseguido as vitórias. O sistema defensivo também não tem sofrido gols. O grupo está bem focado nos objetivos. Desse jeito só temos a crescer no campeonato, temos muito pela frente”, disse o zagueiro.

“O São Paulo é uma equipe que vem fazendo bons jogos, que tem um ataque muito bom. Mas nossas expectativas são as melhores possíveis. Estamos crescendo no decorrer do campeonato e vai ser um jogo bom. Um jogo que pode se esperar tudo, com os dois times atacando muito. Mas estamos preparados, principalmente por jogar dentro de casa, na Vila Belmiro. Este clássico é muito importante para o time e para mim, estou muito feliz pelo momento que estou vivendo. Só temos a crescer”, emendou.

Titular pela primeira vez em um clássico, Robson Bambu também valorizou o estádio lotado contra o líder. Com ingressos esgotados desde o início da semana, o torcedor santista promete fazer um verdadeiro caldeirão. Será o terceiro jogo seguido com a Vila lotada neste Brasileirão.

“A torcida é sempre importante, principalmente quando o jogo é na Vila Belmiro. Todos os times que vêm jogar aqui sentem muita dificuldade por conta da pressão da torcida. O apoio deles é fundamental. Nosso grupo já está bem focado e com a torcida a nosso favor será ainda melhor”, ressaltou.

A provável escalação do Santos amanhã é: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Derlis González (Bruno Henrique), Rodrygo e Gabigol.

Comentários

comentário