Cuca, técnico do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Cuca vê empate justo e explica segundo tempo ruim do Santos: “Não encaixou”

O técnico Cuca analisou a atuação bem diferente do Santos nos dois tempos no empate em 1 a 1 com o Vasco nesta quinta-feira (27), no Pacaembu, em jogo atrasado do Campeonato Brasileiro.

O Peixe jogou muito bem o primeiro tempo, abriu o placar com Diego Pituca aos 43 minutos, mas voltou mal para a etapa final, recuou e viu o Cruz-Maltino empatar o jogo e arrancar um empate fora de casa.

“Quando tiramos o Bruno (Henrique) e colocamos o Derlis (González) era para forçar no lado direito. Às vezes, não encaixa o jogo. Não encaixou para o Derlis. Perdemos a faixa de campo. Rodrygo e Carlos Sánchez estavam jogando no mesmo setor. O jogo pedia uma cadência. Colocamos o Bryan Ruiz para dar isso e tiramos o Sánchez, abrindo o Rodrygo. Não deu certo. Tentamos colocar mais uma armador, uma última alternativa. Colocando Guedes. Empate foi justo. Temos que rever o que foi feito de errado”, disse Cuca em entrevista coletiva no Pacaembu e completou:

“Primeiro tempo muito bom, merecemos vencer. Não demos o campo para o Vasco jogar. No intervalo, falamos isso para os jogadores. Manter o nível de concentração, por 1 a 0 é perigoso. Mas Vasco começou a criar chances, tomar conta do meio-campo. Cedemos espaço, marcação não foi ajustada no segundo tempo. Não diminuímos o espaço deles. Fazemos poucas faltas. O adversário pôde empatar. Empataram merecidamente no final”, emendou.

Assim como na derrota para o Cruzeiro, no último fim de semana, o treinador mostrou certa preocupação e disse que a zona de rebaixamento ainda é um fantasma na Vila Belmiro. O time santista está a cinco pontos da Chapecoense, o primeiro time dentro do Z-4.

“Nós nos últimos três jogos não vencemos. Temos de olhar para baixo, sair dessa situação. E se a gente pensa em Libertadores, domingo é jogo para vencer. Jogo difícil, mas temos de fazer por onde”, completou.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano continua na décima primeira colocação, com 33 pontos, e agora segue a nove do Atlético-MG, o sexto colocado. Na próxima rodada, o Peixe encara o Atlético-PR, no domingo (30), às 16h, na Vila Belmiro, pela vigésima sétima rodada do Brasileirão.

Comentários

comentário