Bruno Henrique foi elogiado por Jair Ventura em entrevista coletiva (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Bruno Henrique foi elogiado por Jair Ventura em entrevista coletiva (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Bruno Henrique comemora bom ano no Santos e diz: “Virei referência”

Contratação mais cara para a temporada, Bruno Henrique, que veio do Wolfsburg, da Alemanha, por R$ 14 milhões, em janeiro, virou uma das maiores referências do Santos FC em 2017. Driblador, ágil, “garçom” e artilheiro, o atacante virou unanimidade entre os torcedores santistas.

Cercado de desconfianças quando chegou devido ao alto valor investido para tirá-lo da Europa, o camisa 27 logo correspondeu às expectativas e passou a ser titular absoluto do time desde o Campeonato Paulista. Feliz pelo bom momento, Bruno Henrique espera que 2018 seja ainda melhor.

“Fico feliz pelo meu momento, por ter voltado da Europa e ter dado um salto em pouco tempo no Santos. Fico feliz pelo lado individual, agradeço o Clube por ter aberto as portas para mostrar o meu futebol depois de sair da Alemanha… Cheguei com muita desconfiança por ser a contratação mais cara, mas em pouco tempo virei uma referência, um jogador que pode dar bons frutos em 2018. Espero poder contribuir ainda mais com a ajuda dos companheiros para que a gente conquiste títulos”, disse o jogador de 27 anos durante a premiação do Troféu Mesa Redonda, da Gazeta Esportiva.

Em 2017, o atacante pôde ter o gostinho de disputar a Libertadores com a camisa santista. Mas, apesar de ter sido um dos melhores atletas da equipe, com três gols marcados, não conseguiu evitar a eliminação nas quartas de final. Agora, ele espera que o Santos possa conquistar o tetracampeonato no próximo ano.

“Libertadores é um torneio sem palavras e eu quero ser campeão. Conquistar o título de uma competição como a Libertadores é algo muito grande, espero em 2018 comemorar esse troféu, que será algo bem diferente na minha carreira”, complementou.

O elenco do Santos saiu de férias no último domingo e retorna ao CT Rei Pelé para a pré-temporada no dia 3 de janeiro. Neste sábado (09), o Clube passará por eleição presidencial para o triênio 2018-2020, com quatro chapas concorrendo ao pleito.

Sob supervisão de Gabriela Fernandes

Comentários

comentário