Emerson Ballio é o técnico do Santos na Copinha (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Ballio diz que derrota “mexeu na ferida” do Santos e projeta nova postura em decisão

O técnico Emerson Ballio afirmou que a derrota do Santos por 2 a 1 para o São Caetano na Copa São Paulo “mexeu na ferida” do elenco. Agora, precisando de uma vitória para avançar de fase, o Peixe encara o União Mogi nesta quinta-feira (10), às 19h30, no estádio Nogueirão, pela terceira rodada do grupo 25.

Na visão do comandante santista, os jogadores sentiram o baque após o revés na última segunda-feira. Sem Lucas Lourenço, ainda dúvida para a partida por conta de uma lesão no tornozelo esquerdo, o Alvinegro iniciou vencendo, mas sofreu um apagão no segundo tempo e acabou derrotado por 2 a 1.

“A gente sabe que essas questões mexem em uma ferida, o jogador precisa de constantes estímulos, a vitória vai fortalecendo, criando confiança. A derrota foi dolorosa, todo mundo sentiu, pelo nível que foi e como os gols do São Caetano aconteceram. A gente se desligou, mas estamos numa crescente em termos de desempenho, criando chances, correndo, se dedicando. Vamos manter esta postura”, disse Ballio, que espera mais uma vez o apoio da torcida santista em Mogi das Cruzes.

“Pelo início da trajetória a gente esperava que fosse uma torcida mais crítica, mas eles foram maravilhosos nos dois jogos. Acabou o jogo e eles continuaram apoiando, estamos indo no caminho certo. A gente vai conseguir, com certeza. Quando eu assumi, pedi pra comparecerem, nem que seja pra cobrar. A torcida está comparecendo, os atletas estão entendendo o peso da camisa. Às vezes dá um apagão, mas isso faz parte do processo de maturação”, emendou.

O São Caetano é o líder do grupo 25, com quatro pontos conquistados, a mesma pontuação do União Mogi (o time do ABC fica em vantagem nos gols marcados: 2 a 1). O Peixe, por sua vez, é o terceiro, com três. O Sergipe é o lanterna e ainda não pontuou.

“Eles (União Mogi) não tomaram gol na competição, time bem estruturado, vamos ter trabalho, mas estamos conscientes disso para conquistarmos a vitória”, completou o treinador.

Comentários

comentário