Gabigol falou em entrevista coletiva (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Artilheiro do Santos, Gabigol fala sobre estrela na Copa do Brasil: “Decisões eu gosto”

Maior artilheiro do Santos, com 18 gols, Gabigol cresce quando o assunto é a Copa do Brasil. Nessa quinta-feira (10), na Vila Belmiro, o atacante anotou um hat-trick na vitória do Peixe por 5 a 1 sobre o Luverdense, pela partida de ida das oitavas de final da competição nacional.

“É difícil explicar o motivo. É algo que o Jair falou, competição curta e várias decisões. Temos que dar o máximo. Se saíssemos com 1 a 0 para eles, seria complicado lá. E 5 a 1 também será complicado pra eles, é longe, talvez o campo não seja tão bom. É difícil explicar (sorte na Copa do Brasil), mas pode ser pelas decisões. E decisões eu gosto”, disse o camisa 10 em entrevista coletiva nesta sexta-feira (11).

A estreia dele foi na edição de 2013, diante do Grêmio, aos 16 anos. Depois disso, marcou seis vezes em 2014 e oito em 2015, quando foi o goleador máximo do torneio em duas temporadas seguidas. Em 2015, comandou o Santos até a final da Copa do Brasil. Na decisão, no primeiro jogo, Gabigol fez na vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0 – o Verdão, porém, acabou conquistando o título no Allianz Parque.

“A Copa do Brasil é uma competição muito importante e me sinto muito honrado de ter colocado meu nome na história dela, sendo artilheiro em duas edições. São números que ficam para a história, valorizam, mas o foco sempre será o título em primeiro lugar. Vamos atrás dele este ano e vamos trabalhar forte para conquistá-lo”, ressaltou o atacante de 21 anos.

Com os três gols, Gabigol aumentou ainda mais a diferença para o vice-artilheiro do Peixe na competição – Neymar, hoje no PSG, é o segundo colocado no fundamento, com 13 gols. Robinho, com 12, é o terceiro. Viola, com 11 gols, e Ricardo Oliveira, com 10, fecham a lista dos cinco maiores goleadores.

Confira os maiores artilheiros do Santos na Copa do Brasil:

Gabriel – 18 gols

Neymar – 13 gols

Robinho – 12 gols

Viola – 11 gols

Ricardo Oliveira – 10 gols

Comentários

comentário