Veríssimo deu a volta por cima no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Após sofrer com lesões, Veríssimo reassume titularidade e se destaca no Brasileirão

Depois de ficar cinco meses fora dos gramados por conta de uma lesão no joelho direito, Lucas Veríssimo começou a temporada de 2019 cercado de dúvidas. Ele foi reserva durante o Campeonato Paulista, sendo considerado a quarta opção na defesa, mas parece ter dado a volta por cima.

Desde a vitória do Peixe por 2 a 1 sobre o Grêmio, na estreia do Brasileirão, o defensor reassumiu a titularidade – ele, inclusive, anulou Everton Cebolinha durante o duelo. O jogador ainda seria destaque contra Fluminense (2 a 1), CSA (0 a 0), Vasco (3 a 0) e Atlético-MG (0 a 0) – este último pela Copa do Brasil.

Contra o Vasco, por exemplo, o Santos atuou com dois zagueiros, mas Veríssimo não foi sacado da equipe e formou a dupla titular com Gustavo Henrique. Felipe Aguilar, outro que vive bom momento, pôde usufruir do descanso com o rodízio proposto pelo técnico Jorge Sampaoli.

Com a ascensão repentina do zagueiro, o treinador argentino terá um “problema bom” quando optar por uma escalação com apenas dois defensores. Isso porque, quando a formação foi utilizada no Campeonato Paulista, Aguilar e Gustavo Henrique foram selecionados.

A expectativa é de que Veríssimo atraia novamente o interesse do futebol europeu na reabertura da janela internacional de transferências. Nos últimos anos, ele ficou a detalhes de ser negociado, mas permaneceu. O jogador nunca escondeu a vontade de atuar fora do país um dia.

“É meu sonho, nunca neguei isso. Quando apareceram clubes, não neguei que se acontecesse eu ficaria feliz. Seria um sonho realizado”, disse em entrevista recente ao Globo Esporte.

O próximo desafio do Santos de Lucas Veríssimo será o clássico contra o líder Palmeiras neste sábado (18), às 19h, no Pacaembu, pela quinta rodada do Brasileirão. O duelo vale a ponta da tabela.

Comentários

comentário