Eduardo Sasha minimizou a derrota do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Eduardo Sasha está em alta no Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Após revés, Sasha não vê Santos pressionado para o clássico: “Confiança segue em alta”

O Santos chegou à marca de 10 derrotas na temporada após o 2 a 1 para o Luverdense nesta quarta-feira (17), no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Com a vitória por 5 a 1 na ida, na Vila Belmiro, o Peixe garantiu vaga nas quartas.

Apesar do momento instável e do revés para uma equipe de menor expressão no cenário brasileiro, o atacante Eduardo Sasha acredita que o Alvinegro não vá pressionado para o clássico contra o São Paulo neste domingo (20), às 16h, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

“É sempre ruim perder. Independentemente se é o time titular ou reserva, todos vestem a camisa do Santos. Agora é descansar e focar no jogo de domingo. Temos um clássico importante. Não acho que com a derrota tenha sido criada uma pressão, as coisas simplesmente não aconteceram. Com certeza, a confiança segue alta”, destacou o camisa 27, que entrou apenas no segundo tempo e teve atuação discreta.

Assim como Sasha, nomes como David Braz, Alison, Victor Ferraz, Dodô, Gabigol e Alison retornarão ao time titular no San-São. Por conta do desgaste da viagem e da goleada imposta na primeira partida, o técnico Jair Ventura decidiu colocar apenas Vanderlei e Jean Mota entre os 11 iniciais em Mato Grosso.

Nas últimas partidas, Sasha perdeu um pouco do faro de gol, mas virou o maior garçom da equipe santista na temporada, com cinco passes decisivos. De qualquer forma, ao lado de Rodrygo, o atacante ainda é o vice-artilheiro, com seis gols. Gabigol, com oito, é o goleador do time.

Comentários

comentário