Cuca, técnico do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Após ameaça de infarto, Cuca passará por cirurgia no coração e deve deixar o Santos

Após o empate do Santos em 1 a 1 contra o Botafogo nesta quarta-feira (21), na Vila Belmiro, em jogo válido pela trigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca abriu o jogo e falou sobre a possibilidade de continuar comandando o time na próxima temporada.

O treinador revelou que tem um problema no coração e, por conta disso, teve uma ameaça de infarto na derrota do Peixe por 2 a 1 para o Cruzeiro, em Minas Gerais, no dia 23 de setembro. Ele terá de passar por intervenção cirúrgica para tentar resolver o problema nos próximos meses.

“Tenho um problema de saúde e provavelmente vai me tirar (do Santos), mas não era para ter falado”, disse Cuca, de 55 anos, que ficou irritado porque o presidente do Peixe, José Carlos Peres, havia revelado o fato em entrevista para um canal de televisão nos últimos dias sem sua permissão.

Com o resultado contra o Bota, o Peixe continua na décima colocação, sem chances de conquistar uma vaga na Libertadores, mas com o consolo da disputa da Sul-Americana em 2019. Com mais dois compromissos a serem disputados no Brasileirão, o time soma 47 pontos e não consegue mais alcançar o Atlético-MG, o último time do G-6, com 56, que venceu o Internacional , no Beira-Rio

Agora, o Santos encara o próprio Atlético-MG, no sábado (24), às 20h, também na Vila, pela trigésima sétima rodada. O time mineiro, sob o comando de Levir Culpi, está a um passo de conquistar uma vaga na pré-Libertadores e vem de quatro partidas seguidas sem perder.

Comentários

comentário