Léo marca em 2013: última vitória do Santos, fora da Vila, em decisões por pênaltis. (Foto: Ricardo Saibun/ Flickr oficial do Santos FC)

Pênaltis e Copa do Brasil: tragédia para o Santos

Foram quatro disputas de pênaltis pela Copa do Brasil, porém jamais o alvinegro praiano saiu classificado

Com a derrota nos pênaltis para o Cruzeiro, o Santos segue sem conseguir superar adversários neste tipo de disputa em partidas pela Copa do Brasil. Foram quatro disputas, com quatro derrotas.

Assim como ontem, nas derrotas anteriores o Peixe jogava a segunda partida fora de casa: Internacional (1997), Ipatinga (2006) e Palmeiras (2015).

Nas últimas 20 decisões por pênaltis, foram 12 vitórias e oito derrotas. Das 12 vitórias, foram apenas três fora de casa: Atlético Nacional (1996, na Supercopa), Vasco (1997, no Rio-São Paulo) e Mogi Mirim (2013, no Paulista).

Ano Resultado Adversário (competição, estágio)
1995 Derrota – Independiente/ARG (Supercopa, primeira fase)
1995 Derrota – São Paulo (Copa dos Campeões Mundiais, final)
1996 Vitória – Grêmio (Torneio de Verão, semifinal)
1996 Vitória – Atlético Nacional/COL (Supercopa, quartas de final)
1997 Vitória – Vasco (Torneio Rio-São Paulo, primeira fase)
1997 Derrota – Internacional/RS (Copa do Brasil, oitavas de final)
1998 Vitória – Once Caldas/COL (Copa Conmebol, primeira fase)
2003 Vitória – Nacional/URU (Libertadores, oitavas de final)
2004 Vitória – Liga Dep Universitaria/EQU (Libertadores, oitavas de final)
2005 Derrota – Fluminense (Copa Sul-Americana , primeira fase)
2006 Derrota – Ipatinga (Copa do Brasil, quartas de final)
2006 Vitória – Cruzeiro (Copa Sul-Americana, primeira fase)
2012 Vitória – Vélez Sarsfield/ARG (Libertadores, quartas de final)
2013 Vitória – Palmeiras (Paulista, quartas de final)
2013 Vitória – Mogi Mirim (Paulista, semifinal)
2014 Derrota – Ituano (Paulista, final)
2015 Vitória – Palmeiras (Paulista, final)
2015 Derrota – Palmeiras (Copa do Brasil, final)
2016 Vitória – Palmeiras (Paulista, semifinal)
2018 Derrota – Cruzeiro (Copa do Brasil, quartas de final)

*Em 2001, as partidas do Campeonato Paulista que terminavam empatadas concediam um ponto a cada equipe e ponto adicional ao vencedor em disputa de pênaltis, porém não foram computadas, pelo caráter experimental do desempate.

Comentários

comentário