Jogo de sábado será a 101ª estreia do Santos em campeonatos paulistas. Vamos relembrar algumas delas

memoria

Quando a bola rolar no gramado da Vila Belmiro amanhã, começará a 101ª primeira participação do Santos Futebol Clube no Campeonato Paulista. Nas 100 partidas anteriores, aconteceu de tudo com o Peixe: vitórias acachapantes, derrotas por goleada, sequência de vitórias, tabus e inclusive um jogo contra o São Bernardo, adversário da estreia no Estadual de 2016.

A primeira peleja santista em Paulistões não foi de boa recordação para a torcida. Jogando no Parque da Antártica, em São Paulo, o Peixe foi goleado por 8 a 1 pela agremiação do Germânia, em 1913. A equipe paulistana era uma das mais tradicionais da época, inclusive abocanhando a taça de 1908 e conseguindo chegar entre as primeiras colocadas em outras oportunidades.

A estreia do Santos no Paulistão de 1913 era apenas o quinto jogo da vida do clube, o primeiro de caráter oficial. Coube a Haroldo Cross entrar para a história do alvinegro praiano ao marcar o primeiro gol em competições oficiais. A sorte do Santos demorou a mudar nas estreias do certame. Apenas em 1919, com uma vitória por 7 a 0, o Peixe quebrou o mini jejum de vitórias em partidas inaugurais. Porém, dias depois, foi considerado culpado pela escalação irregular de Jarbas e perdeu os dois pontos conquistados.

Com isso, a primeira vitória que realmente valeu foi em 1921, contra o combinado Mackenzie-Portuguesa, na Vila Belmiro, por 3 a 0, com gols de Constantino, Millon e Ary Patuska.

Ataque dos 100 gols deixa sua marca – O histórico ataque formado por Omar, Camarão, Feitiço, Araken e Evangelista fez com que o Santos fosse a primeira equipe a atingir 100 gols numa mesma edição. A estreia contra o Ipiranga, na Vila Belmiro, foi avassaladora: 12 a 1. Araken balançou a rede sete vezes. Feitiço (2), Hugo, Camarão e Evangelista também anotaram. Infelizmente aquele time ficou com o vice-campeonato.

Peixe venceu também no ano do primeiro título – Com gol de Raul, o Santos bateu o Palestra Itália por 1 a 0, na Vila Belmiro e começou com pé direito a campanha de seu primeiro título estadual.

Era Pelé foi sinônimo de de vitórias em estreias – Pelé estreou no Santos em 1956, mas apenas em 1958 passou a figurar na equipe titular e consequentemente assombrar o Planeta Bola. Em 17 edições do Paulistão durante a Era Pelé, o Santos conquistou 15 vitórias, perdeu apenas um jogo e empatou outro. Isso é apenas uma amostra de como o esquadrão santista manteve sua hegemonia no Estado. Mesmo nas épocas mais difíceis de sua história o Santos não deixava de conquistar mais resultados positivos do que negativos na abertura da competição. Pelé inclusive prestigiou a equipe na estreia de 1994, quando o Peixe empatou com o Guarani por 2 a 2, com gols de Gallo e Neizinho. Um dos gols do alviverde campineiro foi marcado por Djalminha, nascido em Santos.

Neymar brilha em vitória contra o São Bernardo – Jogando no Estádio Primeiro de Maio, no ABC Paulista, o Santos estreou no Paulistão 2013 com boa vitória pela contagem de 3 a 1. Neymar, com grande categoria, abriu o placar aos 20 minutos de jogo, mas no minuto seguinte os donos da casa empataram a disputa. O jogo seguiu equilibrado até os 33 minutos da segunda etapa, quando Patito Rodriguez (ele mesmo), encontrou Miralles livre na área, para limpar o goleiro e colocar o Santos em vantagem. Já nos acréscimos, Neymar marcou de pênalti e colocou números finais no marcador. Uma curiosidade desse dia foi que o Santos terminou o jogo com três argentinos em campo: além de Patito e Miralles, o meia Montillo também estava presente.

(Foto: Ale Vianna / Ag. Estado)

(Foto: Ale Vianna / Ag. Estado)

São Bernardo 1 x 3 Santos – Paulista 2013

Nossa torcida é para que o Santos apresente um bom futebol na estreia de 2016 e vença a partida, como ocorreu em 52 estreias, e mantenha a invencibilidade que já dura desde 2009. Veja abaixo curiosidades do Santos em estreias no certame estadual.

Curiosidades

52 vitórias
24 derrotas
24 empates
245 gols pró (média de 2,45 por jogo)
140 gols contra
105 gols de saldo
Maior sequência de vitórias – 8 jogos (entre 1956 e 1963 \ entre 1965 e 1972)
Maior série invicta – 10 jogos (entre 1965 e 1974 – 9 vitórias e um empate)
Maior jejum de vitórias – 7 jogos (entre 1936 e 1942)

Comentários

comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *