Reapresentação do Santos no CT (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Títulos de expressão em 2019?!

Títulos de expressão, em 2019?!

Li, por aí, um torcedor dizer  não quer o Paulistinha, mas um título de expressão.

Para começar, título é título, não importa o seu tamanho.

Faz dois anos que o Santos não ganha nem um Paulista e ainda existe gente, sem conhecimento de futebol, dizendo que não quer o Paulistinha.

Quando a gente estava na Fila do Paulista, dizia que os outros títulos Conquistados: CONMEBOL e Rio SP eram títulos de menor expressão.

Quebramos a fila, em 2006 e conquistamos: 2007, 2010,2011,2012, 2015,2016 e os Paulistas passaram a ser títulos de “Menor Expressão”.

Só porque o Santos conquistou!

Digo que o único título disputado no primeiro Semestre é o Paulista e o menoscabarei?

Jamais!

Triste foi a Diretoria não cobrar da Comissão técnica outros títulos naqueles anos.

Tirante a Libertadores em 2011 e a Recopa em 2012, a Diretoria foi omissa ao não exigir títulos.

Paulistão é um Título.

Aliás, como sempre digo, um Jornalista ERRA e todos os outros endossam.

Assim foi o menoscabo aos grandes títulos conquistados pelo Santos: 1994 Copa Dener, 1997 Rio São Paulo e 1998 Conmebol…

E dizem que o Santos em 2002 desde 1984 não conquistava um GRANDE TÍTULO.

Para ver a Incoerência dos Jornalistas.

Lá o Paulistão foi tido como um grande Título, aqui não?

QUE O SANTOS SEJA CAMPEÃO DO PAULISTÃO (primeiro campeonato do ano!)

Mais.

Não é só!

FILA DE TÍTULOS SEM EXPRESSÃO no passado, hoje precisa de um  título grande?

Um jornalista errou no passado e todos, por preguiça de pesquisar, vão atrás!

RELEMBRO!

O Santos fora campeão Paulista em 1984…em 1997 foi campeão do Torneio Rio SP,

em pleno Maracanã contra o Flamengo de Romário .

Em 1998 foi campeão da COMENBOL (atual Sul Americana), em pleno Rosário na Argentina.

Não  tinha conquistado títulos de expressão, é menosprezar os atletas campeões em 1997, em pleno Maracanã e em 1998 na Argentina.

O time campeão do Rio-São Paulo 1997.

Para chegar à decisão, o Santos eliminou:

Nas quartas de finais, o Vasco nos pênaltis 4 x 3

E nas semifinais, o palmeiras:

Ganhou de 3 x 1, na casa do adversário e perdeu de 1 x 0 em nossa casa.

Nas finais:

Contra o flamengo

No primeiro jogo, NO MORUMBI o Santos ganhou por 2 x 1, Gols: Alessandro aos 6 min e Macedo aos 29min do primeiro tempo;

E NA DECISÃO, EM PLENO MARACANÃ:

Empatou contra o flamengo 2 x 2…gol de Juari, o segundo!

Gols: Anderson Lima aos 33min, Romário aos 37min e 45min do primeiro tempo; Juari 32min do segundo tempo.

FLAMENGO
Zé Carlos, Fábio Baiano, Júnior Baiano, Fabiano e Gilberto (Leonardo); Bruno Quadros (Iranildo), Moacir, Nélio e lúcio (Márcio Costa); Romário e Sávio.
Técnico: Júnior.

SANTOS
Zetti, Anderson (Baiano), Sandro, Ronaldão e Rogério Seves (Juari); Marcos Assunção, Vagner, Alexandre (Caíco) e Piá; Macedo e Alessandro.
Técnico: Wanderley Luxemburgo.

Um bom time!

TORNEIO DE MENOR EXPRESSÃO?

Pois sim!

E em 1998 ganhou a COMENBOL, em Rosário:SANTOS
Zetti, Anderson, Sandro, Claudiomiro e Athirson; Marcos Basílio, Elder Narciso e Eduardo Marques; Fernandes (Baiano) e Alessandro (Adiel). Técnico: Émerson Leão.

E DEVE SER FRISADO QUE EM 2002 O SANTOS ESTAVA NA FILA DE TÍTULOS NACIONAIS HAVIA 34 ANOS!

Fora campeão de um torneio interestadual, importante, após longo tempo (desde 1966) em 1997!

Se bem que o Torneio Rio SP parou um tempo, mas, a fila era essa :1966 a 1997.

Fora campeão de um torneio internacional, após trinta anos em 1998, a CONMEBOL!

E foi quebrada a fila da Libertadores desde 1963 em 2011…

E a fila do Paulista, desde 1984, somente foi quebrada em 2006!

E nem cairei naquela sandice que fazia 18 anos que o Santos não conquistava “título importante”, porque considero todos os títulos conquistados pelo Santos, importantes.

Todavia, desde os anos 1960 o Santos não era campeão de um título nacional.

O último título conquistado fora em 1968.

Ou seja, de 1968 até 2002 o Santos estava na ingrata fila de não ser campeão nacional.

E teve, em 1994, a TAÇA DENER.

E alguém disse em 2002 que o Santos não conquistava nenhum torneio de expressão havia 18 anos e todos os jornalistas, sem exceção, por preguiça de pesquisar foram atrás.

E agora dizem que o Paulistão é “título pequeno”.

Pequeno?

Pequeno só para os competidores que foram derrotados pelo Santos.

Por falar em Paulistão.

Nesse dia, em 1956:

O Santos conquistou o seu terceiro título Paulista ao derrotar o sp por 4 x 2, na decisão extra, pois, haviam terminado o certame com o mesmo número de gols.

O Santos se sagrou campeão (bi) com Manga, Wilson, Feijó, Ramiro, Formiga e Zito, Tite, Jair da Rosa Pinto, Pagão, Del Vecchio e Pepe. Lula era o técnico.

Os tentos foram anotados por Feijó, Tite e Del Vecchio marcou 2.

Foi o nosso terceiro título Paulista.

Efemérides

do dia

3 de janeiro

a) 106 a.C nasceu Cícero, faleceu em 43 a.C.

b) 1507 Da Vinci foi contratado para pintar um quadro que no futuro recebeu o nome de Mona Lisa;

c) 1898 nasceu Luís Carlos Prestes, faleceu em 1990.

Liturgia católica

Santa Genoveva
nasceu em 422 morreu em 502

Padroeira de Paris.

Salvou essa cidade da invasão de Átila, o rei dos hunos.

Grata pela proteção de sempre Santa Genoveva.

Comentários

comentário

One Comments

  1. Pingback: Títulos de expressão em 2019?! - Blog

Comments are closed.