José Carlos Peres, atual presidente do Santos (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)
José Carlos Peres, atual presidente do Santos (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Renúncia dos integrantes da CIS

Renúncia dos integrantes da CIS.

Nada iria escrever aqui no Blog, porque estou para falar sobre o Santos!

Todavia, à vista de inúmeras manifestações por aí, resolvi me manifestar sobre a renúncia dos membros da Comissão de Inquérito e Sindicância.

Li, que a Comissão estaria renunciando por “culpa do Peres”.

E outra manifestação “grave crise institucional”!

Nada disso ocorreu!

A renúncia é ato unilateral.

Renuncia por razões subjetivas e até objetivas.

A nossa Comissão renunciou (assinarei nesta sexta-feira!), por vários motivos.

O Silvio presidente está com gravíssimos problemas de saúde!

Um membro que também é secretário municipal da Prefeitura de Praia Grande.

E só quem trabalhou em alta função no Serviço Público, como eu, sabe que um secretário tem horário para entrar no gabinete,  não tem horário para sair.

Os demais colegas, também tem inúmeros afazeres que não poderiam conciliar, com o bom andamento da Comissão.

E de minha parte não posso descer três vezes por semana à Santos!

Estou com problemas de saúde (não tão graves quanto do Silvio).

E na CIS não posso me manifestar falando mal ou aplaudindo a gestão e isso me cerceia a liberdade como Conselheira.

Aliás, poderia até ficar!

Mas, com outro presidente?

Vou ao meu passado remoto.

A primeira Comissão Processante que presidi foi no início de 1985 no INAMPS, autarquia extinta e na época era vinculada ao Ministério da Previdência.

Era uma Comissão Especial, única!

Eu presidia e dois membros: um médico e uma enfermeira.

Na segunda ou terceira audiência dos processados, percebi que um dos membros da Comissão estava prejudicando o bom andamento.

Não tive dúvidas: fui até a autoridade maior e pedi a sua substituição.

E foi feito.

Anos mais tarde, já procuradora da Prefeitura de São Paulo, Proced,um dos membros de minha Comissão Permanente, não estava trabalhando a contento.

Novamente pedi a substituição.

E tornando-me aqui e agora na nossa Comissão tinha uma sintonia muito boa.

E se eu ficasse quem garante que teria a mesma sintonia?

Posso afiançar que a comissão não renunciou por “causa do Peres “ou por causa de outro qualquer!

E a Comissão de Inquérito e Sindicância é subordinada ao Presidente do Conselho Deliberativo.

E  o Presidente Peres é do Executivo.

Nada a ver, pois.

E se fosse motivação política não sairia!

Sou Santos e jamais colocarei política acima de meu amor.

Desejo consignar meu apreço, a minha admiração pelo profissionalismo desenvolvido pela Comissão de Inquérito e Sindicância, durante o período de atuação.

E,por fim,  os meus agradecimentos ao grande Presidente Marcelo Teixeira por ter  me convidado.

Nesse período aprendi a admirar muito o atual presidente do Conselho Deliberativo.

Efemérides

Do dia

7 de dezembro

a) 283 morreu o Papa Eutiquiano, nasceu em 240.

b) 1598 nasceu Bernini, arquiteto, escultor, morreu em 1680.

c) 1935 nasceu Armando Manzanero, compositor mexicano.

Liturgia católica

Santo Ambrósio
Século IV

Santa Maria Josefa Rossello

Nasceu em 1811 morreu em 1880

Comentários

comentário