Renato beijando o escudo do Santos (Foto: Divulgação)

Reforços apalavrados: Renato

Reforços apalavrados: Renato.

Tem uns acordos verbais: à espera do príncipe Abel ou de um outro técnico.

Acordo verbal não existe no futebol!

Foi o tempo em que o “fio do bigode” valia alguma coisa.

Palavra de honra” ou “fio de bigode” não existem mais no século XXI.

Não gosto do apalavrado no futebol, aliás, o fio de bigode.

Isso já existiu há priscas eras.

Não existe em nenhuma situação da vida moderna.

Por que não existe?

Não existe porque as palavras, o vento as sopra por aí, levando-as.

E não pode existir o “acordo verbal”, porque outro clube pode oferecer melhores condições,

financeiras ou de trabalho e o “pretendido” dar um adeus sem ter iniciado os seus trabalhos.

Pode ser feito um pré-contrato, em caso de desistência, ter uma multa, ainda que menor, mas não apalavrado.

Hoje em dia o Clube faz um pré-contrato.

Aliás, aquele bom jogador do Bahia Zé Rafael chegou ao endinheirado do momento. Tinha um pré-contrato!

E o apalavrado não existe.

Ou se existir é com aquele que ninguém quer.

Infelizmente, ou felizmente, em pleno século XXI, palavras o vento as leva…

Efemérides

DO DIA

6 de dezembro

a)1534 Foi fundada a cidade de São Francisco de Quito, no Equador. Conheço! Uma das cidades mais encantadoras que visitei.

b) 1865 a Trigésima Emenda à Constituição dos Estados Unidos, de 1787, encerrou a escravatura no país;

c) 1947 nasceu R.R. Soares, fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus.

Parabéns!

d) 1976 morreu João Goulart, nasceu em 1919.

Liturgia católica

São Nicolau

(De Mira e de Bari) nasceu em 250 faleceu em 326

Comentários

comentário

One Comments

  1. Pingback: Reforços apalavrados: Renato. - Blog

Comments are closed.