José Carlos Peres (presidente, Marcelo Teixeira (presidente do Conselho Deliberativo) e Orlando Rollo (vice-presidente) (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
José Carlos Peres (presidente, Marcelo Teixeira (presidente do Conselho Deliberativo) e Orlando Rollo (vice-presidente) na posse (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

A paz foi selada!

 A paz foi selada!

O Presidente José Carlos Peres e o vice-presidente Orlando Rollo, com a ajuda do presidente do Conselho Marcelo Teixeira, selaram a paz.

A briga entre dirigentes só tem um perdedor: a Instituição.

Todos sabem o amor que tanto um, quanto outro devotam  ao Santos, mas, a vaidade, pecado de todo ser humano, é mais forte.

Assim, que se acertem, porque numa briga, ao final, não há vencedor ou vencido, há apenas um perdedor: o clube.

Nem penso no Santos, quando escrevo isso, mas, no Vasco da Gama.

Há muito colhe o fruto do fracasso pelas brigas de seus dirigentes.

Ninguém quer que o Santos colha o fruto do fracasso.

Dirigentes passam, mas, uma briga pode deixar no clube a cicatriz eterna.

Meus cumprimentos ao presidente do Conselho Marcelo Teixeira pela iniciativa.

E cumprimento tanto o vice quanto o presidente por terem tido a grandeza em fazer a paz.

Renúncia do Vice.

Não vejo nenhuma razão para uma eventual renúncia do vice.

A renúncia é ato unilateral e só o fará seguindo a sua consciência.

Terceiros pedirem?

Com todo respeito: falta do que fazer!

Paulo Schiff

Há muito tempo votei para Paulo Schiff contra Marcelo Teixeira.

Não sei se seria bom presidente.

Marcelo Teixeira foi melhor.

O associado sempre acerta.

Indicação para o Comitê Gestor.

Penso que é ato unilateral do presidente.

Ele indica quem achar melhor para o Clube.

Cabe ao Conselho Deliberativo referendar ou não o nome.

Efemérides

do dia

11 de outubro

a) 1908 nasceu Cartola, compositor, faleceu em 1980.

b) 1957 nasceu Lobão, cantor.

c) 1996 morreu Renato Russo, grande líder da Legião Urbana, nasceu em 1960.

Liturgia católica

Santo Alexandre Sauli

Nasceu em 1534 faleceu em 1592

Comentários

comentário